Regime militar no brasil historia

La politique des militaires. Thèse de doctorat. A política nos quartéis: revoltas e protestos de oficiais na ditadura militar brasileira. Rio de Janeiro: Zahar. Ernesto Geisel. Rio de Janeiro: FGV. Desch, Michael. Snider, Dreifuss, René Armand. Flynn, Peter. Brazil: a Political Analysis. Gaspari, Elio.

A ditadura envergonhada. A ditadura escancarada. Kushnir, Beatriz.

Lacerda, Carlos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. Lemos, Renato.

A dinâmica militar das crises políticas na ditadura Mello, Jayme Portella de. Oliveira, Eliezer Rizzo de. As Forças Armadas: política e ideologia no Brasil Otavio, Chico. Poulantzas, Nicos. Fascisme et dictature. Ridenti, Marcelo. Rio de Janeiro: Editora Record.

Rollemberg, Denise.

Regime militar no brasil historia

Legitimidade, consenso e consentimento no século xx. Starling, Heloísa. Os senhores das Gerais: os novos inconfidentes e o golpe de Stepan, Alfred. Princeton: Princeton University Press. Vasconcellos, Paulo. Entre eton retrouve cette terminologie dans textes. Vasconcellos Le problème du Riocentro était un fait en soi. Brésil s Sciences humaines et sociales. Contents - Previous document - Next document. Dossier : Le coup d'Etat militaire 50 ans après. Adeus à ditadura militar? Translated by Annick Grandemange.

Abstracts Français Português English. Outline Un régime civil-militaire? Traduit du portugais. E demonstra a possibilidade de enfrentamento da fome por parte dos trabalhadores organizados. Esta experiência tem tido um significado especial, pois se contrapõe à política oficial que privilegia a grande propriedade territorial e os grandes empreendimentos.

O movimento sindical foi duramente atingido pela política económica recessiva ou de baixo crescimento dos governos neoliberais6. As lutas tenderam a se tornar cada vez mais defensivas. Entrou no debate sobre a reforma da Previdência, para impedir que o governo falasse sozinho. O movimento indígena. Antropólogos que se dedicam ao estudo destas nações organizam ONGs para defendê-las.

Pouco a pouco, realizam-se encontros de lideranças indígenas para discutir seus interesses comuns. As Igrejas. Embora a. Este ano, em Ilhéus Bahiareuniram-se três mil representantes das comunidades de todas as regiões do Brasil. As organizações de profissionais da Justiça. Um outro setor que também tem se manifestado frequentemente, tem sido o dos magistrados, advogados e juristas. Pinaud, A experiência mais significativa neste sentido é o orçamento participativo.

Com este processo, bairros habitados por camadas de baixa renda passaram a expor suas reivindicações e a ser atendidos pelos serviços da prefeitura. Novas articulações. Muitas surgem a partir da Igreja católica. Nos anos seguintes, algumas delas passam a intervir diretamente no social desenvolvendo trabalhos junto a diferentes segmentos, como o de meninos e meninas de rua.

A Consulta organizou uma Marcha Popular a Brasília em outubro de Os dois atores mais evidentes nesta década foram o governo e a mídia, uma mídia que na verdade secunda as diretrizes governamentais.

As articulações de movimentos populares vêm conseguindo crescer e ter força massiva. Arruda, Marcos. Dívida e x terna. Para o capital, tudo; para o social, migalhas. Petrópolis, Vozes, Benjamin, César e outros. Rio de Janeiro, Contraponto, Biondi, Aloysio. O Brasil privatizado. As privatizações e o desmonte do Estado. Gonçalves, Reinaldo e Pomar, Valter. O Brasil endividado. Perseu Abramo, Lesbaupin, Ivo org. Lesbaupin, Ivo. Mattoso, Jorge. O Brasil desempregado. Como foram destruídos mais de 3 milhões de empregos nos anos 90, S.

Paulo, Ed. Destaque, Trindade, Hélgio org. Mattoso, Jorge, O Brasil desempregado. Perseu Abramo,